ANÚNCIO ( PUBLICIDADE )

Corinthians programa viagem por Blanco, mas pensa em nomes para 'se garantir', diz site

Alvinegro já teria acordo com o San Lorenzo-ARG para compra dos direitos do meia, mas teme perder negócio por pedida salarial considerada alta

Blanco pode ser o sétimo reforço do Corinthians para 2016

O Corinthians tenta se aproximar de atender um pedido do técnico Tite, o de contratar mais um meia para o elenco de 2016, mas busca mais de uma alternativa. De acordo com o portal Uol, apesar de já ter chegado a um acordo com o San Lorenzo-ARG para a aquisição de 100% dos direitos de Sebastián Blanco, a falta de acerto salarial com o atleta faz com que o Timão tema perder o negócio.
Para tentar acelerar a contratação de seu sétimo reforço para a temporada (o clube já conta com o goleiro Douglas, o zagueiro Vilson, o volante Willians, os meias Alan Mineiro e Marlone e o meia-atacante Guilherme), o Alvinegro já programou a viagem de um dirigente à Argentina ainda nesta semana. A ideia é tentar fechar contrato e anunciar o meia até a estreia da equipe no Campeonato Paulista, neste domingo (31), contra o XV de Piracicaba.
Ainda assim, a diretoria não estaria tão confiante a ponto de não procurar outras opções no mercado, de acordo com a publicação. O próprio diretor-adjunto Eduardo Ferreira confirmou que o Timão busca mais nomes, além do argentino. O exemplo considerado é o de Marquinhos Gabriel, que jogou pelo Santos em 2015, mas pertence ao Al Nassr-SAU. O clube teria fechado todas as condições do negócio com o atleta, mas não conseguiu convencer os sauditas a aceitarem a transação.
Caso o meia Blanco, de 27 anos, diga sim à proposta corintiana, os paulistas devem desembolsar € 3,5 milhões (cerca de R$ 15,6 milhões) pelos direitos do atleta. Os vencimentos pedidos, entretanto, atingiriam a casa dos R$ 500 mil, enquanto o Corinthians estaria disposto a chegar aos R$ 350 mil mensais.