ANÚNCIO ( PUBLICIDADE )

Ganso tem estiramento confirmado e não enfrenta o Atlético Nacional pela Libertadores

O camisa 10 do São Paulo sentiu a lesão na vitória do clube sobre o Fluminense, na última quarta-feira (30), pelo Brasileirão

É oficial: Paulo Henrique Ganso não terá condições de jogar contra o Atlético Nacional-COL pela Copa Libertadores da América por conta de um estiramento na parte de trás da coxa direita. O camisa 10 sentiu a lesão na vitória do clube do Morumbi sobre o Fluminense, por 2 a 1, na última quarta-feira (30). O atleta deve voltar a campo em aproximadamente três semanas, ou seja, caso o Tricolor passe pela equipe colombiana, o meia estará fora de combate na primeira partida final.
Ganso sentiu o incômodo aos 42 minutos da segunda etapa, como o técnico Edgardo Bauza já havia efetuado todas as três substituições, o jogador permaneceu caminhando em campo até o fim da partida. Na saída do gramado, o próprio camisa 10 já previa o diagnóstico. Claramente irritado com o problema, o atleta falou para os repórteres que estavam esperando do lado de fora as palavras estou fora, em alusão às semifinais da Copa Libertadores.
Como opção para o lugar do camisa 10, Bauza pode utilizar o atacante Ytalo, que já jogou na posição de Ganso no Brasileirão, Wesley, que já atuou por ali na própria Libertadores, João Schmidt, que pela qualidade no passe poderia ser adiantado por Bauza, ou Carlinhos, que na última temporada jogou mais avançado com o técnico Juan Carlos Osorio.