ANÚNCIO ( PUBLICIDADE )

Como Cristian pode ajudar o Grêmio no restante da temporada?


Já oficializado pela diretoria e treinando no clube, Cristian tem a missão de recuperar o tempo perdido e compensar os meses sem jogar para ajudar o Grêmio em um curto espaço de tempo. Seu contrato de empréstimo vai somente até dezembro e a equipe tem necessidade, uma vez que Maicon, que fui submetido à cirurgia no tendão de aquiles, só volta a atuar em 2018. E foi justamente para o lugar do capitão gremista que o ex-corintiano foi contratado. 

Situação emergencial para quem passou a temporada quase inteira no "esquecimento". Cristian não entra em campo desde dezembro do ano passado e já não fazia mais parte dos planos da equipe paulista. Agora, tem a necessidade de ser crucial dentro de um clube que está na vice-liderança do Campeonato Brasileiro e nas quartas de final da Libertadores.

Mas como Cristian pode ajudar o Grêmio? Será que a decisão foi acertada? 

Na minha opinião, sim. Cristian foi uma oportunidade de mercado. Uma aposta de Renato Portaluppi, que já recuperou jogadores em situações semelhantes, como Lucas Barrios, Bruno Cortez, Leonardo Moura, e o próprio Fernandinho. Dentro do que o cenário apresentava, e diante da cirurgia de Maicon, o atleta foi o melhor nome que o Tricolor poderia encontrar.

Se por um lado, Cristian não tem a intensidade de Maicon, principalmente pela atual inatividade, é um volante técnico, de bom passe e chute. Foi assim que fez seu nome em Flamengo, Corinthians e Fenerbahçe. Ele não muda o estilo do meio-campo gremista, mantendo qualidade parecida com a de Maicon, e também podendo ser bom encaixe, principalmente a Michel e Arthur, ambos de boa pegada. 

Opinião do especialista (Fernando Campos, comentarista dos canais Esporte Interativo)

"A contratação é uma aposta de risco. Um jogador que não teve minutos no Corinthians e não vinha sendo utilizado. Mas é um atleta que já demonstrou dentro do futebol brasileiro que tem qualidade, apesar de estar um nível abaixo em intensidade, sem conseguir se adaptar a esse estilo no Corinthians. Só que, ao mesmo tempo, temos o Renato (Portaluppi), que conseguiu recuperar jogadores desacreditados, que tinham questionamentos, como o Cortez, que cresceu muito na parte tática. O Cristian tem a técnica, boa leitura tática, mas não consegue ser participativo como antes, com um estilo de transição que o Grêmio apresenta. Não vejo como o nome ideal para o Maicon, mas uma oportunidade de mercado e um desafio".