FUTEBOL ONLINE HD PLAY

ANÚNCIO ( PUBLICIDADE )

Após pedido de Cuca, Santos corre para fechar com atacante da Ponte Preta


Felippe Cardoso está na mira do Peixe; data-limite para inscrições no Brasileirão é nesta terça

Santos está confiante na contratação do atacante Felippe Cardoso, da Ponte Preta. E tem pressa para fechar o negócio. Isso porque a data-limite para inscrições de atletas no Campeonato Brasileiro, a única competição que o Santos disputa, termina nesta terça-feira.

A informação foi da negociação foi publicada inicialmente pelo Uol e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Felippe Cardoso, de 19 anos, é um pedido do técnico Cuca. O atacante não entra em campo desde maio e se encontra na reta final de recuperação de um problema no púbis. Ele atuou 22 vezes na temporada e marcou quatro gols.

O Santos vê as tratativas como encaminhadas. Se tudo der certo, o atacante terá de passar por exames médicos e assinar contrato ainda nesta terça-feira para que possa ficar à disposição de Cuca para o restante da temporada.

Revelado pelo Osvaldo Cruz, de São Paulo, Felippe Cardoso chegou à Ponte Preta em setembro de 2017.

Fla tem série de reuniões atrás de respostas para queda; Lomba vê jogadores nesta terça


Após conversa com direção do futebol, vice-presidente quer ouvir opinião de atletas antes de jogo contra Inter, segundo colocado. Decisão sobre escalação de Réver sai após o treino

Candidato de Eduardo Bandeira de Mello à sucessão presidencial, o vice-presidente de futebol do Flamengo Ricardo Lomba prometeu, após a derrota contra o Ceará, providências para afastar novos resultados surpreendentes como o do último domingo no Maracanã.

"Não tem nada de afastar treinador, nada disso", avisa o dirigente.

Embora exista rotina de reuniões no departamento, os encontros neste início da semana são diferentes. O objetivo é identificar os motivos para queda acentuada de rendimento da equipe após a Copa do Mundo. Nesta terça-feira, antes de embarcar para Porto Alegre, onde enfrenta o segundo colocado Internacional, no Beira-Rio, o vice de futebol se reúne diretamente com os atletas.

Em consulta ao departamento jurídico, o Flamengo ainda avalia se escala Réver, sob pena de pagar R$ 1 milhão pelo estipulado em contrato. Lomba afirma que a decisão será tomada após o treino desta terça-feira. O dia será marcado por novas reuniões no CT do Rubro-Negro.

- Fizemos algumas reuniões. Houve a nossa conversa (Lomba, com o diretor geral Bruno Spindel e o diretor de futebol Carlos Noval), depois eles ainda conversaram com os jogadores, mas eu não participei. Amanhã de manhã temos outra reunião. Quero ver a percepção dos atletas. Vamos nos reunir para ver onde vamos chegar. A reunião é para entender o que está acontencendo e tomar providências - afirmou o vice de futebol do Flamengo.

O grupo de Lomba promove encontro de apoio ao candidato nesta noite num hotel na Zona Sul carioca. No futebol, a cinco pontos do líder São Paulo, e nas semifinais da Copa do Brasil, a missão é clara: espantar a má fase e fazer jus ao investimento alto e constante em atletas.

Questionado se a estratégia de não revezar mais vezes os jogadores em três competições pode pesar no rendimento, Lomba se baseia nas análises internas do departamento de futebol para defender a estratégia.

- Foi a estratégia utilizada e adotada em função de exames feitos. Não posso creditar a queda a isso exceto se considerar o estresse mental. Que aí não é so cansaço físico. Tem a pressão de ganhar os jogos, ganhar o tempo todo. Estamos buscando também essa resposta no departamento de psicologia. Queremos entender o problema para resolver. Cobrando todos envolvidos no processo para encontrar respostas. Não podemos repetir um resultado como esse (derrota para o Ceará) - reiterou Ricardo Lomba.

À espera de punição, Palmeiras tentará desqualificar "agressão" de Felipe Melo


Palmeiras enviará na manhã desta quarta-feira ao Tribunal de Disciplina da Conmebol, por escrito, a defesa de Felipe Melo e Deyverson, que serão julgados na sexta-feira pelas expulsões na partida das oitavas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño, disputada na semana passada.

A principal preocupação é com relação a Felipe Melo, que recebeu cartão vermelho aos três minutos do primeiro tempo, depois de uma entrada violenta em Víctor Cáceres. No dia seguinte, inclusive, levou multa salarial do clube e teve reuniões com o técnico Luiz Felipe Scolari e o diretor Alexandre Mattos.

Até pelo fato de o volante ser reincidente no próprio torneio sul-americano, o departamento jurídico prevê punição além da suspensão automática. A ideia, portanto, é torná-la a menor possível (dois jogos no total). Para isso, a defesa tentará desqualificar a infração de agressão.

O argumento é de que por ter sido um lance no início do jogo, não se tratou de revide de uma eventual provocação ou algo do tipo. O Palmeiras reconhecerá que houve força excessiva, característica muitas vezes de um jogador de marcação, mas sem o intuito de agredir o adversário.

Na edição passada da Libertadores, Felipe Melo foi punido com multa de US$ 10 mil (R$ 41 mil na cotação atual) e seis jogos de suspensão pela briga com jogadores do Peñarol, no Uruguai. Posteriormente, a pena foi reduzida para três partidas.

Já Deyverson será julgado por ter sido expulso no final do segundo tempo, depois de se envolver em uma confusão com os defensores do Cerro Porteño, após uma falta sofrida. A súmula do jogo indica ainda que o atacante teria proferido ao árbitro ofensas e palavras de humilhação.

Para o atacante, a estratégia será explicar que a atitude foi motivada pelo calor do jogo, no qual o Palmeiras tinha um homem a menos e precisava sustentar o placar para conseguir a classificação. Os advogados esperam provar, usando inclusive as redes sociais do jogador, para provar que ele é uma pessoa bem quista por todos.

Independentemente do julgamento, os dois jogadores serão desfalques para o Palmeiras na primeira semifinal, contra o Colo-Colo, marcada para 20 de setembro, em Santiago. A depender do resultado, porém, o Palmeiras estuda pedir uma audiência in loco na sede da Conmebol, no Paraguai.

Flamengo não pagará multa de R$ 1 milhão e abre mão de Revér contra o Inter

Clube divulga relacionados sem seu capitão para a partida em Porto Alegre. Devido à cláusula no contrato, Rubro-Negro teria de pagar R$ 1 milhão ao Colorado para escalar o jogador nesta quarta

Flamengo não terá seu capitão em Porto Alegre. Réver engrossa a lista de desfalques de Maurício Barbieri para a partida contra o Inter, nesta quarta, no Beira-Rio. Devido a uma cláusula no contrato de empréstimo, o Rubro-Negro teria que desembolsar R$ 1 milhão para contar com o jogador contra o Colorado.

No início da tarde desta terça-feira, horas antes do embarque para Porto Alegre, o Flamengo divulgou a lista de relacionados para a partida. Além de Réver, Lucas Paquetá, Cuéllar, Trauco e Diego estão fora. Os três primeiros estão com suas respectivas seleções, enquanto o camisa 10 está suspenso. A boa notícia é o retorno de Léo Duarte, suspenso contra o Ceará.

Com tantos desfalques, Barbieri terá de quebrar a cabeça para montar o time. O treinador fechou parte da atividade desta terça e não deu pistas. A tendência é que o Flamengo vá a campo com Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo, Renê; Piris, William Arão, Everton Ribeiro, Vitinho, Marlos (Jean Lucas) e Henrique Dourado (Lincoln).

Como Cristian pode ajudar o Grêmio no restante da temporada?


Já oficializado pela diretoria e treinando no clube, Cristian tem a missão de recuperar o tempo perdido e compensar os meses sem jogar para ajudar o Grêmio em um curto espaço de tempo. Seu contrato de empréstimo vai somente até dezembro e a equipe tem necessidade, uma vez que Maicon, que fui submetido à cirurgia no tendão de aquiles, só volta a atuar em 2018. E foi justamente para o lugar do capitão gremista que o ex-corintiano foi contratado. 

Situação emergencial para quem passou a temporada quase inteira no "esquecimento". Cristian não entra em campo desde dezembro do ano passado e já não fazia mais parte dos planos da equipe paulista. Agora, tem a necessidade de ser crucial dentro de um clube que está na vice-liderança do Campeonato Brasileiro e nas quartas de final da Libertadores.

Mas como Cristian pode ajudar o Grêmio? Será que a decisão foi acertada? 

Na minha opinião, sim. Cristian foi uma oportunidade de mercado. Uma aposta de Renato Portaluppi, que já recuperou jogadores em situações semelhantes, como Lucas Barrios, Bruno Cortez, Leonardo Moura, e o próprio Fernandinho. Dentro do que o cenário apresentava, e diante da cirurgia de Maicon, o atleta foi o melhor nome que o Tricolor poderia encontrar.

Se por um lado, Cristian não tem a intensidade de Maicon, principalmente pela atual inatividade, é um volante técnico, de bom passe e chute. Foi assim que fez seu nome em Flamengo, Corinthians e Fenerbahçe. Ele não muda o estilo do meio-campo gremista, mantendo qualidade parecida com a de Maicon, e também podendo ser bom encaixe, principalmente a Michel e Arthur, ambos de boa pegada. 

Opinião do especialista (Fernando Campos, comentarista dos canais Esporte Interativo)

"A contratação é uma aposta de risco. Um jogador que não teve minutos no Corinthians e não vinha sendo utilizado. Mas é um atleta que já demonstrou dentro do futebol brasileiro que tem qualidade, apesar de estar um nível abaixo em intensidade, sem conseguir se adaptar a esse estilo no Corinthians. Só que, ao mesmo tempo, temos o Renato (Portaluppi), que conseguiu recuperar jogadores desacreditados, que tinham questionamentos, como o Cortez, que cresceu muito na parte tática. O Cristian tem a técnica, boa leitura tática, mas não consegue ser participativo como antes, com um estilo de transição que o Grêmio apresenta. Não vejo como o nome ideal para o Maicon, mas uma oportunidade de mercado e um desafio".




Conselho do São Paulo aprova terceiro uniforme do clube

O novo terceiro uniforme do São Paulo foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube na noite da última segunda-feira (04), após a realização de uma reunião extraordinária.

Com preto como cor predominante, a nova camisa – que vazou na internet há algumas semanas – conta, nos detalhes, com diversos pequenos símbolos do Tricolor na cor branca. Ainda não há informações sobre comercialização da nova peça do clube.

A projeção é que o São Paulo estreie o novo uniforme na partida contra o Sport, no dia 1º de outubro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desta forma, o clube do Morumbi teria tempo para fazer a divulgação do produto.



Carille testa Corinthians com Marciel na vaga de Arana



O Corinthians segue sua preparação para a partida contra o Santos, no próximo domingo (10), contra o Santos, na Vila Belmiro. Sem saber se poderá contar com o retorno de Guilherme Arana, o comandante fez uma mudança entre as opções para substituí-lo: Moisés deu lugar a Marciel na vaga da lateral esquerda.

Além dessa alteração, que deve ser definitiva para o clássico, Carille precisou fazer outras três mudanças na equipe base. Léo Príncipe treinou no lugar do convocado Fágner, enquanto Camacho atuou na posição de Gabriel, que fez trabalho de recuperação. No gol, Walter treinou entre os titulares, também pela ausência de Cássio, que está à serviço da Seleção. Os três nomes, no entanto, não devem ser problema para o clássico.

Com isso, a equipe base que foi a campo hoje no CT Joaquim contou com: Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Pablo e Marciel; Camacho e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Clayson; Jô.